segunda-feira, 9 de abril de 2018

Disposição


A conquista é sempre cheia de esforço, o tédio vem depois

Ronaldo Magella 09/04/2018

Uma amiga me diz, na relação a mulher tem sempre mais disposição do que o homem.

Os homens fazem muito esforço para conquistar, no primeiro momento querem se mostrar atraentes, interessantes, engraçados, inteligentes, apostam todas as fichas na primeira fase da sedução, depois caem no tédio.

Perdem o interesse, se tornam cansativos, impacientes, chatos e insensíveis.

A minha amiga me diz que uma relação boa e com vida requer muito trabalho, não é só conquistar, mas manter-se após essa fase, conservar o diálogo, ter sensibilidade para os detalhes, não ignorar os momentos e as situações.

Os homens, ela me diz, são sempre elogiosos quando querem conquistar alguém, são pacientes, companheiros, prestativos, sabem construir uma imagem, mas isso precisa continuar, fazer parte da rotina, a disposição tem quer se constante, perene, não apenas de um momento.

Uma mulher recebe muito elogio quando é cortejada, mas isso cessa já na fase do namoro, aliás, a melhor fase, de namorar, demora muito pouco, diz ela.

Homem é muito relaxado, acha que está sempre tudo bem, normal, quando nem sempre é assim, muitas coisas são silenciadas, mas não quer dizer esquecidas.

Os homens são mais práticos, apressados, impacientes, não entendem as necessidades femininas de tempo, segurança, confiança, diálogo.

Segundo a minha amiga, as mulheres são mais preocupadas com o bem estar do casal, com as necessidades da relação, com o cuidado da vida a dois, os homens, por ignorância ou insensibilidades, são mais insossos, o que vai tornando a relação rugosa e arrastada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário