terça-feira, 28 de julho de 2015

Toda mulher é sutil

Toda mulher é sutil

Ronaldo Magella 28/07/2015

Mulher fala sem palavras, por gestos, mímica, pelo olhar, por qualquer coisa, menos por palavras.

Elas odeiam falar, sobre o que querem, claro,  e quando falam é que não aguentam mais serem incompreendidas.

A impressão que tenho é que elas querem ser entendidas sem dizer nada, como se esperasse que todo homem fosse um vidente, médium ou tivesse o dom de prevê qualquer coisa que venha delas, um dom de premonição, algo raro na maioria dos homens.

Quando elas dizem que estão cansadas, é um sinal, querem fazer algo diferente, se elas dizem não sei, significa que não irão, quando dizem talvez, ou, pode ser, é que estão sem vontade, mas que sim, poderão ir, é possível.

É da natureza feminina a dúvida, sobre o que falar, vestir, calçar, fazer, algo meio cultural e inerente ao ser da mulher, na dúvida, não hesite, elas ficarão em dúvida, simples assim.

Mulher nunca chegará para a mãe ou para o pai e dirá que está apaixonada, sempre dirá que está conhecendo alguém, é a deixa, ou que um amigo virá visitá-la, ou que conheceu alguém interessante e que estão conversando, é o sinal de fumaça, para bom entendedor isso bastará.

Quando elas dizem, conheci alguém, significa, alguém me chamou a atenção, com mulher a frase nunca termina no ponto final, sempre haverá reticências, mulher é sempre uma vírgula.

Ela jamais irá dizer que está gostando de você, pedirá para você não sumir, dirá que precisa de você, falará mais, que te acha interessante, que adora conversar com você, que não gostaria de te perder, sempre que ouvir alguma dessas frases, lembre-se, há algo dentro dela por você.

As mulheres dizem mais com o silêncio, falam mais sobre o que não estão falando, mulher é sempre o que ela não disse ou o que ela quis dizer, nunca o que foi posto, é um jogo de esconde-esconde, decifra-me ou te devoro.


Um comentário:

  1. com certeza, eles tinham que ser videntes, seria tudo perfeito.srsr

    ResponderExcluir