sábado, 10 de agosto de 2013

#partiu amor novo

#partiu amor novo
Autor – Ronaldo Magella – professor, poeta, escritor, blogueiro, radialista, jornalista e mais nada.

Recolhi meus cacos, pedaços, juntei tudo num pá, joguei o passado pela janela, varri tudo, limpei a casa interior do meu ser, meu coração, e o que de mim sobrou decidi seguir e viver, caminhar, mesmo cambaleando, mas mesmo assim andando, de pé, seguindo.

Colei as arestas, emendei pontos, crie caminhos, tomei decisões, fechei os olhos e mergulhei sem pensar, sem medir, apenas por sentir, e foi sentindo que parei, olhei, sorri e quis.

Decidi partir para uma nova existência e foi em você que encontrei os motivos para seguir e realizar meus sonhos, minhas esperanças, meus dias de um futuro bom. Elegi você como o amor que sempre quis e sonhara.

Agora eu era outro e você a responsável pelo meu sorriso, pelo meu bom dia, pela minha tarde, por minhas noites, por meus bons e melhores sentimentos que há tempos não sentia, e como cantou Chico Buarque, “e você era a princesa que eu quis coroar e tão linda de se admirar”, que acabei por te amar e me apaixonar.

Aos poucos você foi ocupando um espaço nos meus dias, nos meus pensamentos, sentimentos, na minha rotina ocupada, na minha vida bagunçada, em tudo de mim, no meu ser, foi pelas horas, pelos dias, pelos momentos chegando e ficando e quando pensei e dei por mim você já morava dentro de mim, já não sabia onde eu terminava e quando você começava, estávamos juntos, unidos, livres e presos, consumidos por um só desejo, sermos felizes.

Precisa dizer com palavras o que com palavras nunca pode ser tido, muitas coisas não nem sempre podemos traduzir, só sentir, e sinto, mas era preciso expressar, colimar esforços para te dizer, preciso de você, preciso te sentir todo dia, saber que você existe, saber que mais tarde vou poder te falar, receber uma mensagem tua, que vamos conversar mais tarde, nos falarmos, nos perguntarmos um pelo outro, sabemos de nós, da gente.

Preciso saber que amanhã você estará ainda aí, mesmo que do outro lado, mesmo distante, mas presente em mim e que vou poder te procurar, te chamar, ir ao teu encontro e tu poderás fazer o mesmo, seremos para sempre agora ontem e hoje e depois o que a vida nos permitiu ser, amor, paz, união, afeto, carinho, amizade, cúmplices do que o destino nos serviu e preparou, a nossa vida entrelaçada para nos curarmos da dor, da solidão, do medo e nos amarmos, gostarmos e sermos, só sermos.


2 comentários:

  1. muito boa e expressa o que realmente se sente !!!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir